Quem sou eu

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

CHICO E O MENINO

(Ilustração UESC)
Ontem foi - ou todos os dias é? - dia de São Francisco de Assis. Aquele mesmo que falava com os animais. Aquele mesmo que já era santo antes mesmo de sê-lo. Aquele mesmo que - conta-se - ficou nu na praça como gesto de renúncia aos bens materiais (depois de ter desfrutado esses prazeres) e  vivido na esbórnia com os amigos. Era doidinho, esse camarada! "Louco de Deus".

Por isso, a inesquecível professora, colega, amiga, poeta e também santa, Valdelice Pinheiro, escreveu:

Devagarinho,
no silêncio de uma noite
em plena lua,
moveu os pés,
estirou os braços,
inventou uns poucos trapos
na sacola azul,
disse até logo
a Papai do Céu
e, como um menino,
a mão esquerda
puxando a mão direita
do Menino Jesus,
fugiram, os dois,
da tristeza imóvel dos altares.
Na rua,
partindo o silêncio
dessa noite em plena lua,
cantaram e dançaram
a Liberdade na Alegria
e, felizes,
tocaram fogo na cruz.

Valdelice Pinheiro está com Francisco e o Menino fujão desde 29/08/1993.

Nenhum comentário: